Avatar do usuário
Por kellybmsj
Quantidade de postagens
#120754
Na obra musical “Xibom Bombom” do grupo “As Meninas” cita que quem está no topo da sociedade capitalista sobe cada vez mais, e quem está embaixo cai mais ainda, fazendo uma crítica a desigualdade social. No Brasil, existem leis que asseguram o acesso a igualdade social, entretanto na prática o país ainda enfrenta desafios significativos para efetivar tais garantias. Para combater isso muitas pessoas usam a arte para expressar essa diferença e como uma fonte de renda, mas a desigualdade ainda existe, devido a falta de acesso da sociedade pelos altos custos de trabalhos artísticos e pela falta de apoio financeiro do governo aos artistas de baixa renda.
Segundo dados do IBGE 44% dos pretos e pardos vivem em cidades sem cinemas, contra 34% da população branca, 37% em cidades sem museus contra 25% dos brancos. Esse fato evidencia que existe desigualdade social e no acesso a cultura. Segundo Barão de Itaré “Os homens nascem iguais, mas no dia seguinte já são diferentes.” Sob esse viés, o Brasil é análogo a esse conceito, visto que, no que tange ao combate da desigualdade social através das artes, ele é ausente. Isso posto, tal postura negligente contribui para que o combate a desigualdade social através da arte seja mais difícil.
Outrossim, é necessário o aumento de recursos financeiros destinados a artistas de baixa renda no Brasil. Segundo o órgão valor econômico o valor destinado a cultura é de R$ 10 bilhões, valor histórico para a pasta. Porém, muitos artistas não tem acesso a esse investimento. Nessa ótica, Segundo Paul Klee “A arte não reproduz o que vemos. Ela faz-nos ver.” Mediante dela pode-se perceber a desigualdade social e a falta de recursos destinados a ela. Assim, ao invés de se discutir sobre , essa pauta é silenciada, adiando cada vez mais a elaboração de ações que façam este problema ser resolvido.

Portanto, é inegável que, a respeito da desigualdade social, o Brasil possui entraves que precisam ser resolvidas. Logo o Ministério da cultura e o Ministério da Cidadania, devem realizar uma ação conjunta. Essas entidades devem elaborar leis que tornem obrigatórias as ações de garantia do acesso a arte da população, por meio de divulgações das suas obras, para que eles tenham como expor a arte, e com o desenvolvimento de programas de auxílio financeiro direcionados aos artistas de baixa renda, a fim de promover sua inclusão social e mitigar as desigualdades socioeconômicas. Dessa forma será possível usar a arte como uma forma de combate a desigualdade social.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido
Avatar do usuário
Por Zenebra
Quantidade de postagens Amigos
#129805
- Erros gramaticais.
- Repetição de palavras/artigos, mais de 3 vezes.
- Estrutura da redação incompleta.

Veja a estrutura completa da redação do ENEM:

ESTRUTURA DA REDAÇÃO DO ENEM

1-INTRODUÇÃO (1 parágrafo)

A-contextualização (repertório sociocultural) (no máximo 3 linhas):

B- tema (palavras-chaves)(no máximo 1 linha)

C-tese + 2 argumentos (2 problemas) (podem ser causas ou consequências) (no máximo 3 linhas)

2- DESENVOLVIMENTO (2 parágrafos)

1º parágrafo: Defender o 1º argumento da tese (problema 1)

A--tópico frasal (no máximo 2 linhas):

B- explicação (argumento)(no máximo 3 linhas)

C- exemplificação (repertório sociocultural)(no máximo 3 linhas)

D-conclusão (no máximo 2 linhas):

2º parágrafo: Defender o 2º argumento da tese (problema 2)

A-tópico frasal(no máximo 2 linhas):

B- explicação (argumento)(no máximo 3 linhas):

C- exemplificação (repertório sociocultural) (no máximo 3 linhas):

D- conclusão(no máximo 2 linhas):

3- CONCLUSÃO (1 parágrafo)

A- conectivo (no máximo 1 linha)

B- retomada dos dois problemas citados na tese e defendidos no desenvolvimento (no máximo 1 linha)

C-proposta de intervenção:

1- Quem vai resolver o problema? (agente)(no máximo 1 linha):

2- O que será feito? (ação)(no máximo 2 linhas):

3- Como será feito? (modo)(no máximo 2 linhas):

4- Para quê? (efeito) (para resolver os dois problemas citados na tese e defendidos no desenvolvimento)(no máximo 2 linhas):
0

Fala, galera! Encontrei o https://www.brazino-777.[…]

A ciência e a tecnologia têm desempenhado um papel[…]

Legalização da Maconha

Legalização da maconha, Ordem ou Aceitação ? O […]

A série de televisão, da emissora Netflix, “Ginny […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.