Avatar do usuário
Por anaclaraag
Quantidade de postagens
#123311
A partir da Revolução Industrial, diversos povos passaram por profundas transformações não só econômicas como, principalmente, sociais e culturais. Passados mais de 3 séculos ainda é perceptível as mudanças no cenário brasileiro, que influenciaram o apagamento histórico, gerando assim a falta de representatividade de costumes culturais e sociais que foram impactados pela influência eurocêntrica durante esse período. Dessa forma, compreende-se que a preservação do patrimônio cultural é imprescindível para manter a memória dos povos que sofreram o impacto das transformações geradas pela Revolução.
Deve-se pontuar, de início que o apagamento histórico configura-se como um grave empecilho no que diz respeito à preservação do patrimônio cultural na sociedade brasileira. Com a concretização da colonização portuguesa, a partir de 1530, ocorreu-se um intenso apagamento dos costumes e tradições dos povos que ali viviam e que foram introduzidos no território brasileiro através do tráfico negreiro. Este prejuízo se deu pelos objetivos de Portugal de disseminar a cultura europeia, que impactou diretamente na perda dos costumes indígenas e africanos que formavam a sociedade brasileira. Com o objetivo de manter esses costumes vivos, foram preservados diversos objetos da época, assim como as tradições foram passadas para as gerações seguintes, demonstrando a importância de manter a memória e vivência destes povos, promovendo assim a preservação do patrimônio cultural para a sociedade brasileira.
Além do mais, ressalta-se que a falta de representatividade configura-se como um entrave gerado pelo apagamento histórico. Para poeta Rupi Kaur, "A representatividade é vital", sendo uma tese fundada pela alusão a uma borboleta, que tenta ser mariposa, por estar rodeada delas. Fora da poesia, destaca-se a importância da preservação do patrimônio cultural na sociedade brasileira para manter a representatividade daqueles que sofreram com sua história apagada através das transformações socioculturais.
É evidente, portanto a importância de manter a preservação do patrimônio cultural para a sociedade brasileira. Por isso, os governos de esferas nacionais, estaduais e regionais devem manter os registros de objetos culturais conservados, assim como manter a segurança e os direitos de povos tradicionais, por meio de leis e políticas públicas que protejam a cultura, a fim de que as memórias permaneçam sem a influência eurocêntrica.
Assim, será possível reduzir os efeitos do apagamento histórico e da falta de representatividade.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

Fala, galera! Encontrei o https://www.brazino-777.[…]

A ciência e a tecnologia têm desempenhado um papel[…]

Legalização da Maconha

Legalização da maconha, Ordem ou Aceitação ? O […]

A série de televisão, da emissora Netflix, “Ginny […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.