Avatar do usuário
Por Evely190301
Quantidade de postagens
#119750
No conto "Teoria do Medalhão", Machado de Assis estabelece uma potente análise de comportamentos socialmente controversos. Se fosse recontextualizada para o Brasil hodierno, a ficção oportunamente poderia contemplar discussões acerca do estigma associado ao vírus HIV na sociedade, uma vez que tal abordagem permite reflexões a respeito da mediocridade social no enfrentamento aos desafios impostos. Diante disso, é visível o descaso social e o silenciamento da mídia como causas desse fenômeno.
Primordialmente, a desigualdade escancarada é um dos fatores que contribuem para essa situação. Acerca disso, o filósofo inglês Thomas Hobbes aborda uma ilha fictícia e formulada denominada "Utopia", a qual seria uma espécie de nação ideal para se viver, onde há uma população honesta e pacífica. No entanto, ao se analisar o contexto nacional, se encontra uma lacuna entre a teoria e a proposta constituinte, uma vez que os indivíduos de grande poder aquisitivo não se compadecem dos mais necessitados. Diante desse cenário, é inaceitável tal conduta, em pleno século XXI, ainda se perpetuar no Brasil.
Além disso, outra perspectiva a analisar é a omissão midiática sobre a questão, tornando o empecilho praticamente nulo aos olhos da sociedade. Semelhantemente, o célebre pensador Platão criou "O mito da caverna" onde a escuridão da caverna impedia as pessoas ali dentro de enxergar a realidade. Assim, no plano midiático há comparação com a obra de Platão no que tange a cegueira da realidade, tal fato tornou-se comum à sociedade por banalizar a informatização das notícias.
Portanto, o Estado, como garantidor do bem-estar social, deve realizar projetos educativos, por meio de palestras e de simpósios abordando o estigma associado ao vírus HIV na sociedade brasileira. Dessa forma, a problemática supracitada será, certamente, atenuada e solucionada.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

A ciência e a tecnologia têm desempenhado um papel[…]

Legalização da Maconha

Legalização da maconha, Ordem ou Aceitação ? O […]

A série de televisão, da emissora Netflix, “Ginny […]

Desde a invenção, em 1862, o plástico se tornou mu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.