Avatar do usuário
Por Katsmoking
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#122937
TEMA: Aporofobia (aversão aos pobres)
MODELO: CONCURSO

!!! Leia os comentários antes de dar nota ou comentar algo!!!

Título: A Face Invisível da Discriminação Social

O verbete aporofobia, presente no dicionário da língua espanhola, classifica o rechaço a imigrantes ou refugiados quando essa aversão advém da situação de pobreza. Consoante a isso, no cenário brasileiro hodierno, o sentimento aporofóbico é responsável por exaltar a discriminação social, visto que limita as oportunidades dos grupos necessitados e os trata sem empatia. Dessa forma, afim de compreender as ramificações da desigualdade social, é de essencial importância analisar as principais complicações da aporofobia.

Em primeira análise, é fundamental acentuar o papel da empatia na superação da aporofobia. Nesse sentido, o filme sul-coreano "Parasita", retrata, em uma sociedade distópica, as tensões vivenciadas entre ricos e pobres, ressaltando a supressão das necessidades sob a ótica elitista classista e tratando com ignorância qualquer desejo das classes mais baixas. Desse modo, fora da ficção, observa-se a semelhança da sociedade brasileira com a do filme, uma vez que a aversão advinda da situação de pobreza presente enfatiza a falta de compreensão dos ricos em entender as dificuldades enfrentadas pelos pobres. Em suma, torna-se evidente que o cidadão capaz de se colocar no lugar do outro evita a aporofobia.

Em segunda análise, é imprescindível salientar como o preconceito econômico atua como uma barreira para o desenvolvimento profissional. A respeito disso, John Rawls, professor de filosofia política em Harvard, reitera que o declínio sócio-econômico da população começa com a falta dos meios necessários para o cidadão ascender profissionalmente. Sob esse viés, a afirmação do professor revela-se condizente, já que o modo pelo qual o cidadão desfavorecido economicamente pode melhorar sua condição de vida é manipulado pelos pensamentos aporofóbicos do empregado, impedindo que as pessoas talentosas alcancem o seu potencial. Logo, o preconceito econômico representa um perigoso sinal para o declínio sócio-econômico.

Por fim, é indispensável discutir-se sobre as complicações da aporofobia. Para tanto, evidenciam-se o papel da empatia e as consequências financeiras geradas para a completa compreensão das ramificações da discriminação social.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido
Avatar do usuário
Por Katsmoking
Tempo de Registro Quantidade de postagens Amigos
#122938
Obrigado por clicar na minha postagem!! Caso queira dar uma nota ou corrigir, observe que é uma redação modelo CONCURSO!!!
(diferente do modelo ENEM!!!)

Logo, de maneira breve, a conclusão não precisa apresentar proposta de intervenção, as teses não precisam apresentar unicamente causas para o tema e a linguagem pode ser um pouco mais argumentativa ao invés de dissertativa!!

Tudo que peço é por uma nota justa para o modelo desejado!!
0

Fala, galera! Encontrei o https://www.brazino-777.[…]

A ciência e a tecnologia têm desempenhado um papel[…]

Legalização da Maconha

Legalização da maconha, Ordem ou Aceitação ? O […]

A série de televisão, da emissora Netflix, “Ginny […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.