Avatar do usuário
Por thechain
Quantidade de postagens
#121839
O quadro expressionista "O grito", do pintor Edvard Munch, retrata a inquietude, o medo e a desesperança refletidos no semblante de uma personagem envolta por uma atmosfera de profunda desolação. Para além da obra, observa-se que, na conjuntura brasileira contemporânea, o sentimento de milhares de indivíduos assolados pela arquitetura hostil é, amiudamente, semelhante ao ilustrado pelo artista. Nesse viés, torna-se crucial analisar as causas desse revés, dentre as quais se destacam a negligência governamental e o deficit habitacional.

A princípio, é imperioso notar que a indiligência do Estado potencializa a existência de indivíduos em situação de rua. Esse contexto de inoperância das esferas de poder exemplifica a teoria das Instituições Zumbis, do sociólogo Zygmunt Bauman, que as descreve como presentes na sociedade, todavia, sem cumprirem sua função social com eficácia. Sob essa ótica, devido à baixa atuação das autoridades a suposta "liberdade de expressão" dentro da Câmara dos Deputados, torna-se expressão de discursos de ódio e discrepância acerca desse grupo marginalizado. Nessa perspectiva, para a completa refutação da teoria do estudioso polonês e mudança dessa realidade, faz-se imprescindível uma intervenção estatal.

Outrossim, é igualmente preciso apontar o deficit habitacional, fator que contribui para a manutenção dos indivíduos em situação de rua. Posto isso, de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a população moradora de rua superou as 281 mil pessoas no Brasil. Diante de tal exposto, a falta de políticas públicas, transformações sociais e a disseminação do ódio dentro da própria Câmara dos Deputados, a qual deveria tratar com equidade e empatia este grupo social, busca soluções hediondas como a arquitetura hostil a fim de compelir essas pessoas às margens da sociedade.

Portanto, são necessárias medidas capazes de mitigar a exclusão social dos moradores de rua e a arquitetura hostil. Dessarte, a fim de promover políticas públicas eficazes, é preciso que o Governo Federal – por intermédio dos poderes legislativos e executivos – criar leis que assegurem essa minoria e campanhas sociais voltadas ao direito de moradia de todo e qualquer cidadão. Espera-se, assim, que os sofrimentos emocionais retratados por Munch, delimitem-se apenas ao plano artístico de sua obra.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

No contexto atual do Brasil, muito se fala sobre c[…]

Desde a época da colonização e exploração das terr[…]

Intolerância religiosa

O artigo de número 5 da constituição garante a lib[…]

Dengue

A dengue vem aumentando casos gradualmente após ch[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.