Avatar do usuário
Por dsc96
Quantidade de postagens
#121717
A Constituição Federal de 1988, documento mais importante do país, prevê em seu artigo 6º, o direito ao trabalho como inerente a todo cidadão. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa a oportuniaade de emprego na área, dificutando, deste modo, a universalização desse direito social tão importante para a população. Diante dessa perspectiva, faz-se necessário a análise dos fatores que favorecem esse quadro.
Em uma primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas gorvenamentais para combater a falta de oportunidades na área de formação. Nesse sentido, tal acontecimento ocasiona o afastamento de pessoas do mercado de trabalho, a redução de esperança e perspectivas pessoais e para a sociedade. Essa conjuntura, segundo as ideias do filósofo contratualista John Locke , configura-se como uma violação do "contrato social", já que, o Estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos insdispensáveis, como o trabalho, o que infelizamente é evidente em nossa sociedade.
Ademais, é fundamental apontar a crise econômica, política, social e a modernização de setores como impulsionadoras do desemprego no Brasil. Segundo um levantamento do Departamento Intersindical Est Estudos Sócio Econômico (DIEESE), 80% dos brasileiros que têm diploma só conseguem trabalho que não exige graduação e paga menos. Diante de tal exposto, é notório que tais crises desencadeiam uma série de consequências no país, como, o desemprego de profissionais qualificados. Logo, é inadmissível que esse cenário continue a perdurar.
Depreende-se, portanto, a necessidade de se combater esses obstáculos. Para isso, é imprescindível que o Estado, por intermédio de capacitações para inclusão no mercado de trabalho, suporte do governo, promoção de parcerias com o setor privado e incentivo às empresas a fim de gerar empregos sem mexer em suas regras atuais. Assim, se consolidará uma sociedade mais justa e igualitária, onde o Estado desempenha corretamente seu "contrato social", tal como afirma John Locke.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

Fala, galera! Encontrei o https://www.brazino-777.[…]

A ciência e a tecnologia têm desempenhado um papel[…]

Legalização da Maconha

Legalização da maconha, Ordem ou Aceitação ? O […]

A série de televisão, da emissora Netflix, “Ginny […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.