Avatar do usuário
Por Annyyyy
Quantidade de postagens
#123689
Na obra "Utopia", do inglês Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita, a qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos e problemas. No entanto, percebe-se, que no atual cenário brasileiro os desafios da alfabetização no Brasil, apresentam-se como barreira para os planos de More. Logo, a má qualidade na educação pública juntamente com a desigualdade social são fatores contribuintes para problemática e devem ser analisados.
Em primeiro plano, é imperativo ressaltar a falta de investimentos das autoridades governamentais na educação para combater o analfabetismo. Segundo o pensador Thomas Hobbes, o estado é responsável por garantir o bem-estar da população, todavia, isso não acontece no Brasil, visto que, a educação pública não é prioridade no país. Desse modo, faz-se mister a reformulação de tal postura estatal.
Ademais, é necessário destacar que a desigualdade social no Brasil é promotora para a dificuldade de alfabetização na pátria. Segundo o índice de Gini, o Brasil está entre os 10 países mais iguais do mundo, e com isso a educação é afetada, considerado que a parte menos favorecida da população é maior. Dessa forma, é inadmissível que esse cenário continue.
Portanto, diante dos desafios supramencionados acerca da alfabetização no Brasil é necessário a ação conjunta do estado e da sociedade para mitiga-los. Nesse sentido, cabe ao poder público na figura de Ministério da Educação priorizar investimentos na educação infantil, a fim de melhorar a má qualidade da educação pública. Além disso, é de responsabilidade ainda do Ministério da Educação promover programas de recuperação escolar por meio de ações sociais que visam a volta e o registro de crianças e adolescentes nas escolas, a fim de amenizar a desigualdade social. Dessa maneira, só assim, afirmação de Thomas Hobbes será vivenciada por todos os cidadãos brasileiros.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

No contexto atual do Brasil, muito se fala sobre c[…]

Desde a época da colonização e exploração das terr[…]

Intolerância religiosa

O artigo de número 5 da constituição garante a lib[…]

Dengue

A dengue vem aumentando casos gradualmente após ch[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.