Avatar do usuário
Por Euiza15
Quantidade de postagens
#120630
Gregório de Matos, poeta luso-brasileiro ficou conhecido como "boca do inferno" por denúnciar de maneira ácida os problemas que assolavam o século XVII. Talvez ao deparar com os Desafios para garantir a qualidade de vida dos idosos no Brasil produziria críticas a respeito, uma vez que o entrave precisa ser mitigado no âmbito social. Dessa forma, é válido salientar que isso ocorre devido a omissão governamental e a influência midiática.

Primeiramente, cabe ressaltar que a falta de medidas governamentais agrava a supracitada mazela. Nessa conjuntura, faz-se essencial observar a sociedade brasileira pelas lentes do sociólogo polonês Z. Bauman e sua teoria sobre as "instituições zumbis", na medida em que não impõe políticas públicas efetivas capazes de garantir qualidade de vida aos idosos como a contratação de fisioterapeutas e nutricionistas no SUS não tem como garantir como esses indivíduos vivam bem e durante longos anos de sua vida. Logo, o cenário governamental é o primeiro desafio a ser combatido.

Segundamente, é imperioso destacar que a mídia são um dos motivos do óbice. De acordo com o sociólogo Karl Marx em sua teoria do "silenciamento dos discursos" alguns temas são omitidos da sociedade a fim de ocultar as mazelas. Logo, a mídia retrata os idosos como pessoas frágeis, incapazes e além disso dissemina pouca informação sobre com viver bem, isso gera idosos pouco informados e a família também, com essa escassez de informações acaba sendo difícil a busca pela qualidade de vida gerando o aumento de doenças.

Fica evidente, portanto, a necessidade da criação de alternativas para amenizar o impasse citado. Para isso, os interlocutores da informação e de imprensa como canais televisivos e outras plataformas responsáveis por informar e conscientizar a população devem promover a relevância acerca dos cuidados com a saúde dos mais velhos por meio de vídeos e debates, isso com a finalidade de garantir a qualidade de deles. Assim, o problema em questão será intermediado no século XXI.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

No contexto atual do Brasil, muito se fala sobre c[…]

Desde a época da colonização e exploração das terr[…]

Intolerância religiosa

O artigo de número 5 da constituição garante a lib[…]

Dengue

A dengue vem aumentando casos gradualmente após ch[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.