Avatar do usuário
Por Thalya17
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#124171
A Declaração Universal dos Direitos Humanos, em seu artigo 1°, garante a todos os cidadãos dignidade. Todavia, tal prerrogativa não é plenamente observada na sociedade, evidenciando os desafios para inclusão de pessoas que se indentificam como lgbt no Brasil. Diante disso, é notório que esse cenário antagônico é fruto não só do preconceito social mas também dá lacuna educacional.

Em primeira análise, é crucial explorar o efeito do preconceito social como um dos influenciadores do entrave. Segungo o pensador Jean Jacques Rousseau, o homem é bom mas é corrompido pela coletividade. Sob esse ponto de vista, muitos brasileiros são intolerantes porque foram manipulados por outros, consequentemente, essa situação irá gerar uma exclusão que não aceita os grupos compostos por diferentes gêneros, além de provocar um espaço violento, que acarretará em um uma cidadania de ódio. Logo, esse posicionamento urgentemente precisa ser mitigado.

Em segunda análise, é evidente que as escolas pouco colabora para a solução do reverso. Em consonância com tal fato, algumas instituições de ensino, tem um método de ensinar ultrapassado, não faz atividades extracurriculares, como debates sobre os problemas socias que estão enraizados no país, oque irá resultar, em um desconhecimento sobre essa temática, e continuarão com pensamentos preconceituosos. Então, é nítido que esse quadro deve ser superado.

Portanto, para reverter o preconceito social e a lacuna educacional, é necessário que o governo invista em uma ampla campanha de conscientização, por meio de plataformas onlines ou revistas, além disso, deve propor as escolas uma nova disciplina que fale sobre os Lgbt, que conta toda à história desse povo até os dias de hoje, o objetivo é para que tenha debates em sala de aula, com a finalidade dos estudantes se conscientizarem, e assim, com essas estratégias à sociedade terá a dignidade garantida pela Declaração Universal dos Direitos humanos.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido
Avatar do usuário
Por sophiabeeo
Quantidade de postagens
#124176
Observações da introdução

O seu repertório é valido, mas como tal prerrogativa não é observada? Acredito que, para deixar seu repertório mais produtivo, seria legal apresentar exemplos de como a dignidade não é observada na realidade: falta de representatividade, preconceito no âmbito profissional e social, entre outros.

Além do mais, sempre que for utilizar uma sigla, é interessante que você a escreva em maiúsculo. Portanto, substitua "pessoas que se indentificam como lgbt no Brasil" para "pessoas que se indentificam como LGBTQIA+ no Brasil".

Atente-se também aos erros de escrita que baixam sua nota na competência 01:
- Escreva "identificam" ao invés de "indentificam";
- Sempre insira vírgulas antes de usar "mas". Portanto, escreva "preconceito social, mas também..."
- O uso de "Dá" está incorreto, pois configura-se como um verbo. Nesse caso, você deveria usar "da lacuna educacional", ao invés de "dá lacuna educacional".

Pontos positivos: suas teses são pertinentes ao tema e você faz uso maravilhoso dos conectivos na introdução. Parabéns!
0
Avatar do usuário
Por sophiabeeo
Quantidade de postagens
#124177
Observações do desenvolvimento 01

Em seu primeiro desenvolvimento você começa com uma ótima aplicação do tópico frasal, seguido de um repertório legitimado. Muito bem! No entanto, a sua argumentação apresenta algumas lacunas. Vamos lá: você disse que brasileiros são intolerantes por terem sido influenciados por outros. No entanto, de onde surge essa intolerância? Ela tem que ter nascido em algum momento para que possa se perpetuar. Você poderia ter explanado sua origem.

Além do mais, você pontua que a manipulação gera uma exclusão que não aceita os grupos compostos por diferentes gêneros. Atente-se ao fato de que a comunidade LGBTQIA+ é diversa não só na expressão de gênero, como também nas sexualidade de cada indivíduo. Quando você fala sobre gênero, pode limitar seu debate para apenas uma vertente de toda a problemática que envolve o grupo LGBTQIA+.

Ah, como funciona esse espaço violento criado pela intolerância? Cite exemplos. ;) E por último: acredito que o termo Cidadania (exercício de deveres e conjunto de direitos) não se encaixa na frase em que voê aplicou. Talvez "acarretará em uma sociedade que tem como base o discurso de ódio e a intolerância."

Erros de escrita/gramática:
- Você deveria ter escrito "Segundo" e não "Segungo";
- Não esqueça de adicionar vírgulas antes de "mas"! Portanto, escreva: o homem é bom, mas é corrompido pela (...);
- Escreva "que acarretará em uma cidadania (...)" ao invés de "que acarretará em um uma cidadania (...)"
0
Avatar do usuário
Por sophiabeeo
Quantidade de postagens
#124180
Observações do desenvolvimento 2

A sua argumentação se mostrou superficial e pouco pertinente ao tema. Nesse parágrafo você acabou tratando muito mais sobre problemas na educação de forma geral, do que sobre o papel da defasagem educacional na construção de uma sociedade excludente e violenta. Você poderia ter falado sobre a falta de representatividade de pessoas da comunidade LGBTQIA+ nos livros didáticos - por exemplo - e como isso contribui para a repercussão de uma visão estigmatizada sobre tais minorias.

Erros de escrita/gramática:
- O verbo "colabora", por se relacionar com a palavra "Escolas", deveria estar no plural. Ficando: "as escolas pouco colaboram...";
- Não insira vírgula aqui: instituições de ensino, tem um (...);
- "Oque" deveria estar separado, ficando assim: "O que";
- Não adicione vírgulas antes de "e". Portanto, escreva: essa temática e continuarão com...
0
Avatar do usuário
Por sophiabeeo
Quantidade de postagens
#124184
Proposta de intervenção

A sua conclusão apresenta duas propostas:
- invista em uma ampla campanha de conscientização;
- propor as escolas uma nova disciplina.

Em cada uma delas foi possível observar elementos de uma proposta de intervenção (agente, meio, detalhamento, finalidade, ação...), mas nenhuma delas apresentou todos os 5 elementos em sua totalidade.

Alguns errinhos de escrita e/ou gramática:
- A palavra "governo" deve estar sempre em maiúsculo;
- Evite tornar o paragráfo inteiro em uma única frase. Você deve adicionar pontos finais sempre que concluir uma ideia )
0

Fala, galera! Encontrei o https://www.brazino-777.[…]

A ciência e a tecnologia têm desempenhado um papel[…]

Legalização da Maconha

Legalização da maconha, Ordem ou Aceitação ? O […]

A série de televisão, da emissora Netflix, “Ginny […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.