Avatar do usuário
Por felixaquino
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#125672
A filósofa nigeriana, Chimamanda Adichie explica o "status quo" - o estado das coisas - e como é penoso. Nesse sentido, faz-se necessário expor o quão penoso é o desafio para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil, visto que, este problema encontra-se presente no país devido às lacunas governamentais e a invisibilidade midiática. Diante do exposto, medidas são necessárias para a solução da problemática.

Em primeiro lugar, urge a importância de citar as lacunas governamentais como impulsionador do problema. A constituição federal de 1988, assegura o direito à igualdade para todo cidadão brasileiro, porém, o Brasil não encontra-se a igualdade, visto que, é um desafio enfrentar a invisibilidade do trabalho de cuidados realizado pela mulher. Com isso, medidas são necessárias para assegurar este direito de todos garantido por lei.

Além disso, existe um silenciamento instaurado na questão. Djamila Ribeiro, filósofa brasileira, explica que para tirar uma situação da invisibilidade soluções devem ser promovidas. Porém, o silenciamento deste desafio enfrentado pelas mulheres cuidadoras no Brasil deve ser colocado em pauta, visto que, as medidas sociais têm grande importância para amenizar este silenciamento e, infelizmente, não compartilha informação suficiente sobre o tema. Neste sentido, soluções devem ser promovidas como defende de Djamila.

Diante disso, é imprescindível que o problema seja solucionado. Para isso, as emissoras de televisão, como a Globo, devem promover reportagem sobre o desafio da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado por mulheres, a fim de conscientizar o país sobre o tema e tornar um assunto visível. Além disso, pode realizar parcerias com influenciadores digitais da área no intuito de alcançar mais pessoas. Paralelamente, o governo federal deve financiar a ideia, a fim de garantir o direito assegurado pela constituição. Somente assim, o assunto sai do silenciamento que se encontra e o país torna-se cada vez mais igualitário.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

No contexto atual do Brasil, muito se fala sobre c[…]

Desde a época da colonização e exploração das terr[…]

Intolerância religiosa

O artigo de número 5 da constituição garante a lib[…]

Dengue

A dengue vem aumentando casos gradualmente após ch[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.