Avatar do usuário
Por emilyviiih23
Quantidade de postagens
#123366
O filme "Eu, robô", estrelado pelo ator Will Smith, mostra uma rebelião de androides, afim de dominar e escravizar a humanidade. De forma análoga a obra cinematográfica, na realidade já é notável uma certa dependência dos humanos nos acedentes aos robôs, a inteligência artificial, e é percetível as consequências desse uso. De modo que esse artefacto impacta de forma negativa a educação, além de colaborar com a criação de fake news.
Em principio é importante destacar que indivíduos já estão utilizando sites de inteligência artificial para fazer atividades que deveriam ser feitas pelos mesmos, como por exemplo, tarefas escolares. Como veracidade dessa narrativa há á adequação das maiorias dos jovens ao chamado ChatGPT. Esse site de inteligência artificial que cria textos, responde perguntas esta sendo bastante comentado entre os internautas que usam desse artificio para se livrarem de seus deveres, e vem afetando negativamente os estudos.
Além do mais alguns dispositivos estão sendo usados para a criação de notícias falsas. De exemplo é valido mencionar uma imagem criada por tecnologias deste tipo que mostrava o Papa Francisco vestindo uma jaqueta de grife em uma cidade apos um grande terremoto, a imagem viralizou nas redes e só após meses foi comprovada como mentira. Fatos como esses mostram a facilidade que pessoas mal intencionadas têm de criar narrativas inverídicas com IA em mãos.
Portanto a priori é notório a necessidade que o ministério da educação promova palestras nas escolas que conscientizem o estudantes da importância de se fazer todas as atividade de forma correta afim de freiar o uso dessa tecnologia de modo ruim. Também é de precisão que o ministério da cultura com apoio das Mídias sociais - como Instagram, Facebook e X - crie posts para alertar as pessoas de procurarem saber se algo é real ou fruto da inteligência artificial, de modo que essas fake news não se espalhem deliberadamente.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

No contexto atual do Brasil, muito se fala sobre c[…]

Desde a época da colonização e exploração das terr[…]

Intolerância religiosa

O artigo de número 5 da constituição garante a lib[…]

Dengue

A dengue vem aumentando casos gradualmente após ch[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.