Avatar do usuário
Por Thalya17
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#124375
A Declaração Universal dos Direitos humanos, em seu artigo 1°, garante a todos o cidadãos dignidade. Todavia, ao se observar os desafios para a Inclusão de pessoas com transtorno de déficit de atenção no Brasil, verifica-se, que o país está distante dessa prerrogativa. Diante disso, é notório que esse cenário é resultado não só da passividade social mas também da inoperância estatal.

Em primeira análise, é crucial explorar o efeito da passividade social como um dos influenciadores do entrave. Na obra "A República", do pensador Platão retrata uma sociedade que se unem para enfrentar problemas. Contudo, na realidade, conclui-se que a população é distinta desta abordagem literária, visto que, ao invés de ajudar à parcela social que sofre com déficit de atenção preferem fechar os olhos para esse problema social, oque acarretará, em um povo desinformado que não entenderão as condições deste grupo, e nem saberão admistrar caso tenham esses transtornos. Logo, esse posicionamento precisa ser mitigado.

Em segunda análise, é evidente que o Estado pouco colabora para a solução do reverso. Dessa maneira, segundo o provérbio popularizado pelas histórias em quadrinho " Homem-Aranha", escrito por Stan Lee, "com grandes poderes vêm grandes responsabilidades". De maneira análoga, as autoridades máximas mesmo demostrando alto poderio para atenuar os impasses, agem com negligência por não realizarem ações que amezinem à exclusão de indivíduos com condições neurobiólogicas, consequentemente, esse grupo se sentirá mau compreendido e acabarão adquirindo problemas psicológicos por acharem que estão sendo rejeitados. Então, é inegável ressaltar uma mudança nesse quadro.

Portanto, para reverter a passividade social e inoperância estatal, é necessário que as escolas, local onde o conhecimento acontece, deve promover debates sobre os desafios para inclusão de pessoas com déficit de atenção, isso será feito por meio de atividades extracurriculares, como por exemplo uma palestra com um jovem que tem essas condições , para compartilhar sua experiência com os alunos a fim de se conscientizarem. Assim, com essas medidas a sociedade poderá alcançar a dignidade garantida pela Declaração Universal dos Direitos Humanos.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

No contexto atual do Brasil, muito se fala sobre c[…]

Desde a época da colonização e exploração das terr[…]

Intolerância religiosa

O artigo de número 5 da constituição garante a lib[…]

Dengue

A dengue vem aumentando casos gradualmente após ch[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.