Avatar do usuário
Por farmaceutica
Quantidade de postagens
#124151
O preconceito linguístico, infelizmente, está muito presente no Brasil. Nossa nação é um país na qual tem 27 estados, com isso, o jeito de falar muda muito de cada lugar. Dessa maneira, esse prejulgamento do modo de fala, pode ocorrer pela falta de conhecimento.
A priori, deve-se ressaltar que o Brasil é considerado um país miscigenado de cultura ampla. Devido a isso, as variantes falas do Nordeste se diferenciam das falas do Sul e infelizmente ainda há resistência da população em aceitá-las, refletida na criação de um estereótipo de nordestino analfabeto, cuja fala é considerada errada. Esse preconceito linguístico, acaba constrangendo regionalmente as populações, alimentando assim a xenofobia e contrariando o Artigo 3 da Constituição brasileira, na qual garante a todos liberdade, independentemente da raça, gênero, religião e região.
Em segundo plano, é válido analisar que esse preconceito linguístico se forma pela falta de informação. Porém, a variedade linguística é estimulada e retratada diversas vezes em até mesmo programas de tv e livros infantis, por exemplo no programa e no gibi da Turma da Mônica, tem-se um personagem chamado Chico Bento, na qual ele mora no interior, dessa forma ele se expressa com palavras diferentes do resto da turma. No entanto, isso mostra que a forma de linguagem é mutável e, por isso, existem tantas variedades linguísticas
Em suma, para evitar maiores danos à liberdade de fala dos brasileiros, medidas precisam ser tomadas. O Ministério da Educação deve incentivar o debate direcionado acerca das variedades linguísticas. Além disso, o governo deve proibir a veiculação de programas humorísticos que incentivam o preconceito linguístico.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

No contexto atual do Brasil, muito se fala sobre c[…]

Desde a época da colonização e exploração das terr[…]

Intolerância religiosa

O artigo de número 5 da constituição garante a lib[…]

Dengue

A dengue vem aumentando casos gradualmente após ch[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.