Avatar do usuário
Por joaovvt
Quantidade de postagens
#126303
De acordo com a Constituição Cidadã de 1988, norma jurídica de maior prestígio no Brasil, prevê um rol de garantias fundamentais, dentre elas, o direito a valorização do trabalho perante a todo cidadão brasileiro. Entretanto, no contexto hodierno, no que se relaciona ao enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado praticado pela mulher, tal direito não se estabelece no país. Deste modo, os desafios pela falta de reconhecimento do trabalho no Brasil decore de problemas políticos e sociais.
Em primeira análise, uma das dificuldades enfrentadas é a falta de legislação adequada. Desta maneira, John Locke afirma:"As leis fizeram-se para os homens e não para as leis", diante de tal análise é notório uma lacuna explícita em viés nacional, sobre a falta de leis trabalhistas para mulheres que realizam trabalho de cuidado-isto é, de caráter de cuidar daqueles designados- no país. Diante disso, cabe ao Estado, elaborar meios de valorização de tal meio de trabalho perante a mulher, para que tal problemática não seja reconhecida como ação daquelas com falta de inclusão social.
Ademais, as raízes históricas brasileira de desigualdade social e de uma cultura patriarcal. Diante dessa perspectiva, problemas sobre desigualdade de trabalho para mulher se perpétua desde o período colonial, no qual, cabia a mulher, desde nova, cuidar do trabalho doméstico, situação esta que ainda se repete no Brasil. Diante disso, é de suma importância compreendermos a história do Brasil para analisarmos tal problema da invisibilidade do trabalho de cuidado.
Portanto, considerando-o os Direitos Humanos, os desafios enfrentados para valorização do trabalho de cuidado no Brasil, trata-se de um problema de caráter público, no qual, cabe ao Ministério do Trabalho - Órgão responsável pelo direito trabalhista - crie por meio de emendas constitucionais , leis de caráter social, como remuneração salarial igualitária, programas de férias e segurança, para que assim, se possa trabalhar nos desafios sobre a falta de legislação no Brasil.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Seja apoiador!
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

No contexto atual do Brasil, muito se fala sobre c[…]

Desde a época da colonização e exploração das terr[…]

Intolerância religiosa

O artigo de número 5 da constituição garante a lib[…]

Dengue

A dengue vem aumentando casos gradualmente após ch[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Seu Cookie

O Corrija.com utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.